Loading...

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Alívio das Dores - Exercícios Físicos












     
Iniciando nosso artigo convém lembrar que no aparecimento e prolongamento de patologia faz-se necessário consulta médica, também importante antes de início de qualquer programa de exercícios físicos.

 Para uma melhor qualidade de vida horas regulares de sono, boa alimentação, também que se evite álcool e fumo.

 Exercícios físicos devem ser praticados em locais arejados, pisos adequados, uniformes de corres claras, com tênis confortáveis e quando ao ar livre, preferencialmente evitando o horário entre 9.00h e 16.00h, devido aos efeitos nocivos dos raios ultravioletas, tanto para a pele, como para os olhos.

A ciência nos indica que a endorfina produzida pela hipófise (que se localiza na base do cérebro) percorre a corrente sanguínea juntamente com outros hormônios, entre eles o GH (hormônio do crescimento), e com a corticotrofina, estimulando a produção de cortisol e adrenalina.

Quando em atividade física o corpo promove liberação de endorfina que é um hormônio transportado pelo sangue interagindo entre as células, causando bem estar, proporcionando também melhora de humor, resistência física, remoção de radicais livres, aumento da concentração e alívio nas dores.

São indicados os exercícios aeróbios como caminhadas, trotes, corridas leves, natação e hidroginástica, danças, yoga.

Antes de iniciar os exercícios em si, fazer uns 5 minutos de alongamentos.

Respeitando a peculiaridade, procurar atividade que melhor se adapte a cada indivíduo, sempre com a orientação de Educador Físico com registro no Conselho Regional de Educação Física (CREF), não esquecendo que além do benefício de condicionamento físico  artigos científicos nos mostram o potencial  no alívio das dores. 

Fonte:
Blog Educação Física http://sidfefis.blogspot.com.br/
http://www.dicasdemulher.com.br/exercicios-fisicos-ajudam-no-combate-as-dores-de-cabeca/
http://globoesporte.globo.com/eu-atleta/saude/noticia/2013/12/exercicios-fisicos-podem-ajudar-no-combate-sintomas-da-fibromialgia.html

Esse artigo tem cunho informativo, em sendo assim reiteramos a necessidade de acompanhamento médico na continuidade dos sintomas


Como cada indivíduo é uno de características próprias, antes da prática de qualquer esporte ou outra atividade física, consultar um médico e nutricionista para avaliação.


Procurar orientação de Educador Físico com   inscrição no Conselho Regional Educação Física na elaboração de programas de Exercícios.
Sidney Santos
Prof. Educação Física e Técnico Desportivo
CREF 120222 G/SP 


Nenhum comentário:

Postar um comentário