Loading...

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Poesia

INOCENTE CULPA
Sidney Santos
Em busca de redenção
Fiz mil ladainhas
E com toda atenção
Indulto a todas rainhas

Criei até nova prece
Intensa e longa penitência
Ainda assim o sonho aparece
Com forte e doce resistência

Depois de todo o recado
Vi que não tem solução
É você meu pecado
Não quero mais o perdão

Nenhum comentário:

Postar um comentário